quinta-feira, 27 de maio de 2010

"Última Pétala"

"Última Pétala"


E a última pétala que caía
não parecia-se mais tanto com aquela gota
que na queda da cachoeira
cairia mais a esquerda.
Nem mesmo com aquela outra
que na vazão do rio
com umas pedras colidiu.
Muito menos se assemelha
com a carregada na asa da abelha.
Menos ainda
com a advinda
do sereno,
caindo do orvalho
discreta e serena.

Não, não...
NÃO MESMO!

A última pétala que caía
parece muito mais com uma
gota de suor
do dançarino,
e que cai em seu olho na hora do salto.

Assemelha-se muito mais
a qualquer uma
das tantas lágrimas
da pessoa que escuta um não,
quando queria que fosse sim.

E bem não me quer...
Mal me quer.

2 comentários:

Chris Lafayette disse...

Eeeeeeh! Viva a volta do poeta!

laineprof disse...

Que bom te ouvir de novo!!!